26 de junho de 2017

Sítios a visitar em Évora | Molhóbico - The Party House

Se tenho uma segunda casa em Évora, é o Molhóbico. Um bar/restaurante que serve tanto comida rápida e mais em conta como pratos mais tradicionais e petiscos. O atendimento é de excelência, os pratos são incríveis e o ambiente ainda melhor.
À sexta, sábado e domingo têm música ao vivo e fecham às 4h da manhã. Nos outros dias fecham às 2h. No verão têm ainda esplanada o que é um plus nas noites mais quentes. 

Este é o meu sítio. Mas também é completamente a cara do meu pai o que quer dizer que é um lugar bastante versátil e que é capaz de agradar pessoas de todas as idades. 

Foi no Molhóbico que tive os melhores jantares de grupo em quatro anos de universidade. Foi aqui que tive as melhores tardes que se tornaram noites ou até madrugadas. E é por isso que vos venho aconselhar sinceramente: quando visitarem Évora, não deixem de visitar o Molhóbico. É o local ideal para fazerem uma bela refeição, beberem um copo, ouvirem boa música e conviverem com os vossos. Garanto-vos que não vão ficar desiludidos!













Foto de MolhóBico The Party House.

Love, Mi

27 de março de 2017

What's on my Instagram #16

Passado muito tempo, esta rubrica está de volta. Ao contrário do blog ou do Facebook do Eye of the Cat, atualizo o Instagram frequentemente por isso se quiserem podem-me ir acompanhando através desta rede social: @marianambgomes.
Está a chegar aquela altura do semestre em que começam as frequências. Eu sei, parece que estou sempre em avaliações mas a verdade é que se a licenciatura não foi fácil, o Mestrado é bem mais trabalhoso. Enfim, já faltou mais! :)


1. Jantar de Natal de Medicina Veterinária.
2. Há melhor maneira de acabar o dia do que a beber um chá entre amigas?
3. My girls.

Fui passar um fim-de-semana de Fevereiro em Aveiro. Fui a um congresso em Santa Maria da Feira, a uma festa nos Maus Hábitos e aproveitei para matar saudades do meu maninho, 
1. Maus hábitos no Porto.
2. Congresso do Hospital Veterinário Montenegro.
3. Aveiro.
1 & 2. Relembrando o Verão na minha querida ilha.
3. As aulas do Mestrado são ainda mais práticas. Nesta aula de Animais de Companhia, Desporto e Lazer tive estes dois meninos para treinar. Acompanhem o Oliver e a Bailey na página de Facebook.

Love, Mi

20 de fevereiro de 2017

Roma - Dia 2

Este foi o dia de andar muiiiito a pé. Ficávamos a cerca de uma hora do centro da cidade e não tinha piada nenhuma apanhar transportes e acabar por perder recantos da cidade.
Já tínhamos decidido na noite anterior o que queríamos mesmo visitar: o Coliseu, o Fórum Romano e Palatino, a Fontana di Trevi e o resto logo se via.

Saímos de casa cedo, tomámos o pequeno almoço e partimos à aventura de mapa na mão. Encontrámos a Piazza Navona, perdemo-nos pelas ruas, almoçámos junto à Fontana di Trevi e fomos visitar o Coliseu, Fórum Romano e Palatino.
Na Fontana di Trevi, comemos um gelato. Não, não estava propriamente calor mas não íamos deixar passar esta oportunidade, não é verdade?













Visitámos o Monumento Nacional a Vittorio Emanuele II. Não estava nos nossos planos mas passar por um monumento tão grandioso e ficar indiferente é impossível.
Fomos então em direção ao Coliseu.
Para entrarem no Coliseu, Fórum Romano e Palatino têm desconto se tiverem menos de 25 anos (toca a levar o B.I ou fotocópia). Mais uma vez, a história e a riqueza destes sítios deixou-nos de queixo caído. As fotografias falam por si.














Claro que depois de um dia inteiro a andar de um lado para o outro ainda tínhamos uma hora pela frente para chegar a casa. Decidimos voltar a pé por isso parámos numa esplanada para beber um cappuccino e recarregar baterias. Passámos novamente pela Ponte Sant'Angelo e pela Praça de São Pedro, onde ficámos a assistir a uma missa.








 De volta a casa, fomos jantar carbonara e descobrimos um restaurante com uma esplanada muito simpática (em Roma, há fairy lights em todo o lado o que me deixou muito contente). Decidimos pedir uma garrafa de vinho tinto pois não podíamos abandonar Itália sem provar o vinho. Aprovadíssimo.



Voltámos para casa onde planeámos o dia seguinte: seria o penúltimo dia e calhava numa sexta feira. Decidimos então que seria ideal aproveitar para visitar o Museu do Vaticano, comprar algumas lembranças e... conhecer a noite de Roma! Falarei sobre isto na próxima publicação :)

instagram: marianambgomes

Love, Mi

12 de fevereiro de 2017

Roma - Dia 1 e conselhos para marcar viagem

Voltei há uma semana de Roma mas só agora tive oportunidade de vir cá falar um pouco sobre a viagem. Eu fui com o meu irmão e uma amiga durante 4 dias e a viagem mais estadia ficou-nos a 110 euros a cada. Esta altura é a melhor para viajar pois encontramos voos bastante baratos mas é preciso ter em atenção alguns pontos:

- Nunca marquem a passagem pelo dispositivo que usaram para pesquisá-la.                                                              Eu explico: quando começámos a falar de visitar Roma, eu fui vendo os voos através do meu telemóvel para ir acompanhando os preços. Claro que estes iam sempre aumentando até que no dia em que íamos marcar já só me apareciam viagens para cima de 100 euros. Marcámos então através do computador de uma amiga onde encontrámos voos a 40 euros (mesmo assim escolhemos um a 67 euros devido aos horários).

- Pesquisem bem os preços antes de marcar através de sites que vos mostram supostamente os voos mais baratos.
Começámos por pesquisar num desses sites e encontrámos viagens baratas pela Ryanair. Porém, fomos ao site desta companhia verificar se o preço era igual. Não era, era mais em conta - o mesmo voo. Portanto não custa nada pesquisar no site da companhia aérea pois ainda podem conseguir poupar uns trocos.

- Procurem alternativas a hotéis, como a Airbnb.
Esta foi a nossa salvação. Os hotéis em Roma não são propriamente baratos por isso virámo-nos para a Airbnb. Encontrámos um Bed&Breakfast, o Sweet Stay in Rome, que ficou a 40 euros a cada para três noites. O quarto tinha cama king size, uma cama de solteiro, aquecimento central e ar condicionado, Wi-Fi, casa de banho (com secador, champô, toalhas) e bastava subir uma rua para estarmos no Museu do Vaticano. Como se não bastasse, mesmo em frente tínhamos um café com croissants ótimos (com nutella, doce, simples...) por apenas um euro. Adivinhem onde tomámos o pequeno almoço todos os dias. O nosso anfitrião era bastante simpático e deu-nos imensos conselhos úteis.
Atenção, aqui aplica-se igualmente o primeiro ponto.

Sweet Stay in Rome


Dia 1

Tenho a dizer que Roma surpreendeu-me imenso. Sempre quis visitar Itália e tinha as expectativas muito altas mas fiquei completamente fascinada.
Chegámos a esta cidade por volta das 14h/15h, fomos a casa pousar as coisas e fomos logo almoçar uma pizza (como não podia deixar de ser).

Não tínhamos nada planeado: todos os dias à noite pegávamos no mapa e decidíamos o dia seguinte. Foi o melhor que fizemos e a única regra era «se um quer visitar sítio x, vamos todos». Como estávamos a 5 minutos do Vaticano, fomos visitar a Praça de São Pedro. Já era de noite e meninos, visitar um local tão bonito, que transmite tanta paz, quando o Sol já se pôs é uma experiência que eu não sei descrever. Ficámos uns bons minutos em silêncio, a absorver tudo o que se passava à nossa volta e a conter as lágrimas. Completamente indescritível.

Depois fomos à descoberta, passámos por ruelas, entrámos em capelas incríveis e acabámos na ponte Sant'Angelo. Mais um momento de puro deslumbramento - bem, a nossa viagem toda foi assim - as estátuas, o rio, as pessoas...

Quero também dizer que me senti MUITO segura em Roma, muito mais do que em Lisboa, por exemplo. Há polícia em todo o lado, militares e mesmo andando por esta cidade às quatro da manhã, nunca me senti insegura. Mais um ponto!

Deixo-vos algumas fotografias deste dia e em breve falarei dos outros. Espero que gostem e que vos seja útil :)






Ponte Sant'Angelo



Love, Mi