4 de março de 2015

My cat

Já devem estar fartos de saber que tenho duas gatas: uma na Madeira (a Chanel) e uma em Évora (a Prada). Vou falar-vos da última.
Eu nunca tinha sido família de acolhimento temporária mas há uns meses colocaram um pedido de ajuda no meu grupo da turma: uma associação precisava urgentemente de uma FAT para uma gatinha. Por alguma razão e apesar de já ter visto imensos pedidos do género e nunca ter feito nada, mandei-lhes mensagem a dizer que estava disponível. Combinámos e passado pouco tempo (eram 22h/23h) bateram-me à porta com a gatinha numa transportadora. Contaram-me que ela tinha sido encontrada no meio do mato, estava a chover imenso e tinha sido abandonada pela mãe. Pelo tamanho, julgavam que ela tinha cerca de 10 dias. Explicaram-me como preparar o leite, como ajudá-la a fazer as necessidades (ela não tinha forças nenhumas, era preciso massajar a barriguita dela) etc. E pronto, de repente tinha um gato em risco de vida nas minhas mãos do qual eu devia tomar conta durante pelo menos 10 dias.
No dia seguinte, levámo-la ao veterinário que nos disse que afinal ela não tinha 10 dias mas cerca de 1 mês e meio/2 meses. Nem parecia um gato, tinha a cara toda deformada porque não tinha músculo quase nenhum e pesava 200 gramas.
Tinha de alimentá-la de duas em duas horas por isso levei-a comigo para as aulas e foi nesse dia que decidi ligar para a associação e dizer que queria adotar a Prada. Apaixonei-me num instante e não queria ficar sem ela. A Prada melhorou num instante (ganhou 250 gramas numa semana) e começou a parecer uma gatinha.

Quem me acompanha no Facebook ou no Instagram, já sabe que a Prada foi esterilizada no Sábado. A cirurgia correu bem mas pedi para fazerem o teste do FIV (vírus da imunodeficiência felina) e FELV (leucemia felina) e descobri que ela tem FIV. É também conhecido como «sida dos gatos» e provoca a diminuição das defesas do animal, ficando mais suscetível a infeções secundárias. Como ela foi encontrada na rua com 1 mês e meio, o vírus provém quase de certeza da mãe.
Eu já sabia dos problemas que ela podia ter ao vir da rua mas custou-me receber a notícia. Tal como nos humanos com HIV, os sintomas podem aparecer anos mais tarde.
Não há cura, a única coisa que posso fazer para além dos cuidados extra para não apanhar infeções, é estar aqui para ela.

1º e 3º dia da Prada na minha casa.



Love, Mi

17 comentários:

  1. A Prada é linda e parece ser tão meiguinha, imagino o que te custou saber que ela tinha FIV, mas força! É uma gata amorosa, e a terceira foto está fantastica!

    ResponderEliminar
  2. É tão linda... Espero que ela aguente bastante tempo :)

    ResponderEliminar
  3. A Prada é tão linda e não podia ter arranjado melhor dona! :)

    ResponderEliminar
  4. Que linda! Nem parece a mesma das primeiras fotos.
    E já agora, adoro o nome das gatas :p

    ResponderEliminar
  5. Opá até me vieram as lágrimas aos olhos ao ler a história da Princesa Prada :') que guerreira, que linda, que amor que vocês partilham, que tudo!!!

    ResponderEliminar
  6. É tão linda e fofinha :) Espero que fique por aí e de boa saúde durante muito tempo!

    ResponderEliminar
  7. Ela é tão linda, e espero que viva muito tempo para te dar miminhos e tu a ela... :)

    Isa M., Tic Tac Living

    ResponderEliminar
  8. Que gatinha linda e que gesto tão maravilhoso :)

    ResponderEliminar
  9. A Prada tem a melhor dona que podia encontrar :)

    ResponderEliminar
  10. Que linda! :)
    Também tenho uma Prada mas é uma cadela. Tal como a tua gata foi encontrada na rua e agora está comigo!
    Tudo de bom para a tua Prada! :)

    ResponderEliminar
  11. I’m in love with your blog! I like your photos and style of writing! I know that it requires so much time to update blog, but keep doing it!)
    I’ll be happy to see you in my blog!)

    Diana Cloudlet
    http://www.dianacloudlet.com/

    ResponderEliminar
  12. Não desejo a ninguém que passe pelas dificuldades que essa doença acarreta, para quem adora gatos é a pior coisa.
    Desejo-te a maior sorte a ti e à Prada para que corra sempre tudo bem.
    Beijinhos e coragem *

    ResponderEliminar
  13. É tão linda, tão igual algumas das minhas *.*
    Que gesto tão lindo o teu, fiquei comovida a sério!
    Também tenho uma Chanel, que é como a Prada, só que ela não cresce e é uma bola ahah :)

    ResponderEliminar
  14. Ohhh coitadinha! :' Eu adoro gatos! Tenho uma que passou por um momento complicado o ano que passou. São super guerreiros autênticos. Palmas para ti por cuidares dela e espero que tenha uma longa vida apesar da sua doença. É linda mesmo :)

    Love,
    Sweet Camomile

    ResponderEliminar
  15. Fiquei muito feliz quando tu disseste que adotaste duas gatas. Não é qualquer pessoa que o faz. Uma das coisas que mais me põe triste é ver animais abandonados na rua e não poder fazer nada contra isso, por minha vontade pegava em todos que encontrava, mas infelizmente as coisas não são como queremos.
    Desejo-te muita boa sorte no teu curso, nota-se muito bem que tens paixão pelos animais e isso ajuda bastante.
    Beijinhos

    http://thegoldprint.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Thank you much :)